Seja Divina
Saúde, beleza e bem estar

Saiba quais os benefícios que a pílula anticoncepcional pode trazer

Tino Comunicação / 27 de June de 2014

Há tempos que a pílula anticoncepcional tinha apenas um efeito: o de prevenir a gravidez. Mas, os tempos mudaram né, divinas? Hoje os médicos também atribuem benefícios extras ao contraceptivo, como o controle da acne e a queda de cabelo.

Um estudo conduzido pela “Gothenburg University”, na Suécia, mostrou que 1300 voluntárias, na faixa etária dos 19 aos 24 anos, também descobriram que a pílula diminui a intensidade da cólica menstrual, causada por hormônios chamados prostaglandinas. A pílula diminuiria a produção destes hormônios e, com isso, as cólicas.

Confira uma lista de outros problemas de saúde que tem sua cura ou diminuição associadas a este tipo de medicamento:

Câncer: especialistas acreditam que a pílula protege a mulher contra o câncer de ovários, útero e intestino. Por outro lado, pode aumentar o risco de câncer de mama e colo de útero.

Anemia: o ciclo menstrual é mais curto e menos intenso para mulheres que tomam pílula, e isso diminui as chances de deficiência de ferro no corpo.

Memória: a pílula pode ajudar no desenvolvimento de algumas áreas do cérebro, melhorando a consciência espacial e impulsionando as ferramentas ligadas à memória.

Cistos: podem proteger o organismo contra cistos no ovário.

Oscilações de humor: por muitos motivos, o uso da pílula está associado ao equilíbrio do humor.

Libido: se sua vida sexual anda devagar, peça que o seu ginecologista indique uma pílula para auxiliar neste sentido.

Depressão: especialistas da Stanford University, nos Estados Unidos, descobriram um tipo de pílula que pode auxiliar no tratamento contra a depressão. Ela reduziria alucionações e delírios.

Miomas: um novo tipo de pílula do dia seguinte pode auxiliar no tratamento de miomas, de acordo com especialistas americanos. A pílula tende a inibir o desenvolvimento deste problema.

Endometriose: ela inibe o fluxo natural e, com isso, alivia os sintomas ligados à doença.

Síndrome do choque tóxico: pesquisadores americanos descobriram que usuárias de pílula têm metade das taxas ligadas à doença, quando comparadas às mulheres que não tomam.

Osteoporose: quanto maior o uso de estrogênios, maior o impacto positivo sobre a massa óssea. Assim, as mulheres que usam os contraceptivos contínuos se beneficiam quanto à prevenção da osteoporose.

Consulte seu ginecologista para saber qual o medicamento mais adequado para você. 😉

Fonte: Portal Terra

Sobre o Seja Divina

Seja Divina é o espaço onde nós mulheres nos encontramos para falar de tudo relacionado à saúde, bem estar, beleza e muito mais! Há 3 anos no ar, o blog vem crescendo e aumentando a quantidade de matérias e conteúdo para trazer ainda mais novidades para o nosso mundo feminino. Fiquem ligadas ;)

Social

Twitter